segunda-feira, 22 de setembro de 2008

Vitória de Guimarães – 0, Nacional – 2


VITÓRIA, QUEM TE VIU E QUEM TE VÊ!
As péssimas arbitragens continuam, seja na Champions, nos juniores ou agora na Liga Sagres. A vítima é sempre a mesma, o Vitória.
Mais parece estar montado um esquema para frustrar o crescimento do Vitória, e o que não faltam por aí, são inimigos, nada que não fosse já de prever para esta época. Perde o futebol e o espectáculo com o engrandecimento do Vitória.
Mas nos árbitros nada mudou, se nos lembrarmos todos, a época passada foi igualmente desastrosa para o Vitória em termos de arbitragens, o que mudou foi a equipa do Vitória, que se no passado ia conseguindo ultrapassar (mesmo com dificuldade) as contrariedades dos árbitros, agora parece não ter soluções. Falta o patrão da defesa Geromel, a velocidade e criatividade de Ghilas e do Targino, e as investidas de Alan. Roberto não tem servidores e sozinho não consegue chegar lá.
A principal diferença, é que de uma época para a outra, perdemos uma equipa e agora temos alguns bons jogadores, mas não temos a qualidade da época passada.

Negativo:
Jorge Costa e auxiliares
– Não prejudicaram só o Vitória, mas o futebol.
Fajardo – É lastimável, consegue se lento, atrasado e parado em campo, mas continua a ser opção.
Manuel Cajuda – Tirou João Alves quando este estava a ser um dos melhores em campo. Continua a apostar no Fajardo, porque será?
Sereno – Infeliz no corte que originou o primeiro golo do Nacional.
Jogadores do Nacional – Quem não sabe jogar, faz palhaçadas e resultam com a conivência dos árbitros. É lamentável!
Positivo:
João Alves
– Até ter sido substituído era um dos melhores em campo, inexplicavelmente foi substituído por Cajuda.
Roberto – lutou bastante, mas a falta de alas a bombear as bolas para cabeça deitou por terra todo o esforço.
Moreno – entrou bem e remou contra a maré numa altura em que o Vitória jogava com nove jogadores.
Adeptos do Vitória – Em dia de aniversário mereciam mais e melhor. Logo após o primeiro golo do Nacional não se cansaram de continuar a apoiar a equipa, depois, Jorge Sousa brindou-nos com as suas “prendas” envenenadas.

3 comentários:

zé-tó disse...

Talvez se tenha esquecido de colocar o Luciano Amaral no lote dos positivos, ontem foi incansável.

p.m disse...

Amigo j.p o Cajuda é culpado em partes como ele diz na entrevista o joão alves tinha um problena no pé se é verdade ou não só o própio o pode dizer .Agora perdemos bem mas não podemos continuar a ter atitudes como a do sereno e gregory quanto ao sereno para aqueles que criticavam o Moreno em todos os jogos tiveram a merecida resposta tanto queriam ver o sereno a jogar que o primeiro golo é um falhanço do propio notou se falta de ritmo por parte do sereno mais a atitude que ele teve será de um profisional fazer o que ele fez junto com o gregory ? gregory para mim um dos jogadores que me estava a supreender pela positiva mas com atitudes como a que ele teve não vai longe .... Nem tudo que parece estar unido no vitória (balneário) está neste momento .

joão pedro disse...

o Sereno jogou, mas cedo se notou que não estava a 100%. Se não estava apto para jogar, não jogava. Culpa do Cajuda.