sábado, 14 de fevereiro de 2009

Cajuda goleado na Choupana

Nacional da Madeira 3 – VITÓRIA S.C. 0

O Vitória foi à Choupana jogar à defesa e saiu de lá goleado por três bolas a zero.
O esquema táctico montado por Manuel Cajuda não deu resultado e o Nacional ainda falhou uma mão cheia de oportunidades de golo.
O Vitória voltou a não utilizar pontas de lança, (agora já tem alguns disponíveis) tal como se tinha visto no jogo frente ao Marítimo no D. Afonso Henriques, em que o Vitória ganhou com dois golos caídos do céu.
Assim vai o nosso Vitória, com os defesas esquerdos encostados e os direitos a jogar na esquerda.
Com o melhor marcador do campeonato de Angola Santana Carlos a “brilhar” no banco, enquanto Cícero ainda não se estreou, e Milhazes vai ser um dos reforços para a época 09/10.
Temos uma Direcção frágil e um treinador que se percebe de futebol, insiste em fazer de conta que não percebe e está a fazer do Vitória uma das equipas mais vulgares da Liga. Como o próprio disse no final, “Estamos a fazer um campeonato muito regular”.
Percebe-se que o Cajuda já deixou de ter ambição e vontade de triunfar num clube grande como o Vitória, os erros sucessivos vão dando resultados menos positivos e alguns negativos. O resultado de ontem na Madeira foi um resultado humilhante para o Cajuda e para nós Vitorianos.

4 comentários:

cc disse...

A humilhação foi todinha para o treinador, não para nós que somos adeptos, estamos entregues a um gang. Direcção e treinador.

jotafundador disse...

Nós Vitorianos que pagamos e que sofremos pelo Vitória seremos com certeza os últimos a ter culpa nas derrotas da equipa, se bem que os jogadores também me parece que não são os maiores culpados, mas o Treinador.

jotafundador disse...

Digo isto, em função das substituições feitas e tácticas usadas últimos jogos do Vitória.

Anónimo disse...

O jogo foi fraco, mas o pior foram os brindes.