segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

CHUVA, VENTO E FRANGOS!

VITÓRIA 2, Maritimo 1

O que parecia fácil no inicio do encontro, tornou-se difícil já perto do final, num jogo ante um adversário perfeitamente ao alcance do Vitória.

14.000 Vitorianos marcaram presença no D. Afonso Henriques, contrariando as fracas médias de assistências que se tem registado na Liga Sagres, tudo numa tarde chuvosa e com muito vento, onde não faltaram os frangos dados pelo guardião Madeirense e os pontas de lança Roberto e Santana Carlos não no relvado do jogo, mas no banco. Santana fez a sua estreia a 15 minutos do final, pouco tempo para que queria mostrar serviço.

O público presente no Afonso Henriques, era merecedor de um melhor espectáculo, que só não foi conseguido, devido à teimosia de um treinador que insiste em deixar no banco os homens mais talhados para o golo, já para não falar nas habituais substituições, sempre e a 15m do fim.

O Vitória marcou primeiro por Fajardo, quando este fez um cruzamento para a área do Marítimo, mas o guarda redes foi traído pela trajectória da bola, devido ao vento.

Na segunda metade do jogo, foi Nuno Assis que de fora da área rematou, para novo galo do guarda redes, obtendo o segundo golo para o Vitória.

O Marítimo chegou ao golo muito a poucos minutos do fim, e daí até ao apito final do árbitro, foi sofrer para ver o Vitória ganhar a uma equipa muito fraca.


3 comentários:

Anónimo disse...

Sempre presentes. W.A.

Anónimo disse...

WA: bela tarja

Black and White disse...

Grande tarja, grande público.
Somos únicos!