domingo, 19 de abril de 2009

TIVEMOS O PÁSSARO NA MÃO, CAJUDA DEIXOU-O FUGIR!



VITÓRIA SC 1 – Lisboa 2
Golo do Vitória apontado por Roberto
Espectadores 20.000

Bom jogo por parte do Vitória que foi mais dominador, pelo menos até ao momento em que Cajuda mexeu na equipa.
O Vitória está melhor, sem dúvida nenhuma, mas do meio campo para a frente, porque na defesa os erros sucessivos continuam e deitam tudo a perder. Ontem Moreno não esteve bem e Gregory continua a ser uma auto-estrada para os adversários, tantas são as falhas em momentos cruciais. O Sporting Pese embora tenha enviado algumas bolas ao ferro da baliza de Nilson, viu-se em dificuldades para travar o ímpeto dos ataques do Vitória. Nuno Assis esteve endiabrado, Marquinho foi uma flecha apontada á baliza leonina e Roberto um perigo constante para o guardião do Sporting, até que o treinador do Vitória resolveu (sem se perceber porquê, fazer alterações, talvez por mania, ou sabe-se lá porquê outra qualquer razão.
Mal a saída de Marquinho e Roberto, e mal a entrada de Luís Filipe, a quem Cajuda já denominou como sendo um dos melhores alas de Portugal e para a entrada Santana, jogador que até ao momento ainda não marcou golos nem mostrou o seu potencial. Cajuda hipotecou definitivamente as aspirações da equipa em alcançar um resultado positivo e hipotecou os objectivos do Vitória para esta época, que era a conquista (no mínimo) de um lugar Europeu.
Numa altura que se começa a preparar a próxima época (esta foi um falhanço da Direcção e do treinador) o Vitória não necessitará apenas de bons jogadores, mas de um treinador.


22 comentários:

Anónimo disse...

o cajuda já nos fez perder muitos mais pontos, não foram só estes.
é agora a hora de mudar de treinador antes que comece outra época, porque com este vai ser mais do mesmo.

w.a. disse...

Não vai ser mais do mesmo, vai ser pior.
Consta que este gajo, tem uma loja de promoção (fábrica de fazer(vender jogadores) de jogadores dispensados de outros clubes, depois, basta introduzir estes rebos a jogar no clube onde ele é treinador e tá feito.

w.a. disse...

Não há fotos desta vex?

Anónimo disse...

O VITÓRIA PRECISA DE GENTE COM JUIZO E AMOR AO VITÓRIA.

O TREINADOR É MALUCO E O PRESIDENTE NÃO TEM AFECTO PELO VITÓRIA.

Black and White disse...

O cajuda já nos fez perder muitos pontos, o Gregory já nos fez sofrer muitos golos, o Luís Filipe nem se quer é jogador para estar na Liga Sagres, só o Cajuda vê nele (seu jogador??) um grande artista da bola.

Black and White disse...

Ainda hoje fotos das tochadas. na sul.

Krinas disse...

Não vão longe assim campónios, o nome da agremiação regional está patente e correcto, já em lugar do significante do Clube de Portugal encontra-se uma localidade. É ignorância de lamentar... Portugal eu sei que tem um clube,não sei é o porquê de uma aldeola para os lados de Bracara pretender ser berço do que seja...da ignorância e do atavismo bem se vê...

Krinas disse...

Só se Lisboa é quem vos monta...chama-se SPORTING CLUBE DE PORTUGAL, sei que custa a pronunciar mas é assim.

BERÇO DA NAÇÃO disse...

Lisboa? naquela equipazinha, humildezinha que apanhou 7 de uma assentada?
12 no conjunto da eliminatória?

Se não fosse o escândalo que é em Portugal, (PAÍS DE CORRUPTOS) e se não fossem os árbitros, o Lisboa de verde e branco (clube tecnicamente falido) andava por esta altura a lutar para um lugar no meio da tabela, Campónio de Lisboa clube.

cc disse...

Há dias, fomos a Lisboa "montar" o Lisboa 1, na Luz.
O Lisboa 2 vive á custa dos árbitros e das palermices do treinador Paulo bentania.

Anónimo disse...

O que eram os Lisboetas antes de D. Afonso Henriques descobrir essa terra de Mouros campónios?

Krinas disse...

Obliterando visões infantis da história, tipo cão e gato, enfim...
Reafirmo que o Sporting nasceu em 1906 com vocação nacional. Até agora resistiu a tudo, desde a ditadura e ignorância contemplativa de um povo mesquinho, até aos célebres 17 anos e aos assaltos recentes.
No último jogo com SCP escreveram correctamente o nome do visitante, porquê tanto rancor agora?
Falar de árbitros com o saque que todas as equipas da liga sagres têm sofrido ao enfrentar o clube da bixiclete (SLB) é um grande descaramento.
De qualquer modo estão de parabéns dado que pelo menos têm uma certa aceitação liberdade de expressão (ainda que seja notória uma incapacidade de interpretação ao que é dito). Um pouco mais de força se quereis ser vitorianos.

Black and White disse...

Caro leitor krinas, se reparar, este é um blogue feito por Vitorianos e para Vitorianos, geralmente não tenho por hábito visitar sítios relacionados com outros clubes, no entanto, seja bem-vindo.

A "agremiação", como escreveu, é um grande clube, não nos compare com o Braga, Boavista, académica ou outros.

Em Voleibol, o Vitória é o actual campeão de Voleibol A1 em Portugal e recentemente conquistamos a Taça de Portugal ao Espinho. (por onde anda o clube de lisboa?)

(Nas formações, também, em Voleibol, limpamos tudo!)

Em Basquetebol, na época passada conquistamos a Taça de Portugal ao porto. (por onde tem andado o seu clube?)

No Kickboxing, somos Campeões de Portugal e da Europa - Masculinos e femininos)

Na natação temos campeões em vários escalões.

Em Futebol temos 32.000 sócios, o seu clube, segundo o seu presidente, tem 19.000 sócios pagantes.

No estádio D. Afonso Henriques, foram vendidos 20.000 lugares anuais, no seu clube pouco mais, mas atendendo a que lisboa tem mais de dois milhões de habitantes, Guimarães, apenas tem 150.000.

Como vê, a "agremiação" como disse no seu comentário, não faz sentido.

Cumps.

Black and White disse...

Caro krinas, nada tenho contra o seu clube, muito menos rancor ou outra coisa qualquer.

Também não gosto de ler nos jornais e ouvir alguns jornalistas chamar o clube VITÓRIA, de GUIMARÃES.

É apenas uma forma que encontrei de começar a denominar todos os clubes pelo nome das cidades de onde são provenientes.

(No próximo jogo vamos jogar com o Matosinhos.)

Cumps.

Krinas disse...

Agradeço pela reacção razoável B.W.

Bem sei que não fazia sentido, nem era esse o intuito.

Não pense que não estou a par da grandeza do VSC. Não lia o seu Blog por acaso, devo confessar que é dos clubes que muito prezo sobretudo pelo vigor bem patente das suas gentes. Um clube que nesta época também sentiu o travo das "agressões" absolutamente repugnantes (falo de Basileia).

Mas não pude ficar indiferente ao uso de uma denominação que para mim sempre foi desadequada (utilizada como sabemos nas competições europeias donde em grande parte deriva tal estupidez) e que marca uma descontinuidade face aos usos anteriores deste blog. Mesmo presente num site que (julgo) não oficial foi essa denominação que suscitou a minha reacção pois na minha óptica minimiza substancialmente a dimensão da instituição e simpatizantes. Se lhe parece que o critério da localidade tipo gps é o mais adequado e com valor designativo, continue.

O uso do termo agremiação vem portanto nesse seguimento (ainda que o termo não diga respeito ao grau mas à qualidade de uma associação de indivíduos mobilizados por valores partilhados). Ou seja desde o início sabia-o descabido aplicado à instituição desportiva multivalente VSC, como ocorreu com o restante conteúdo dos comentários, era uma reacção.

Não faz sentido desdobrar aqui a história do SCP não só no futebol mas na generalidade das modalidades, e também eu teço livremente críticas à situação comprometedora do clube sediado em Lisboa.

A força do Vitória deve-se a um conjunto único de factores que o tornam um clube imbricado com as suas terras e gentes mas isso não significa que a força e valor de outros clubes tenha de provir do "sangue", tempos e formas que infelizmente a mercantilização do futebol aniquilou e leva constantemente as pessoas de bem questionarem-se quanto ao clubismo de dirigentes, equipa técnica e jogadores.

Como sabe em Portugal houve clubes de futebol que por força da difusão inicial das modalidades adquiriram o epíteto de nacionais. Hoje é um pouco diferente pois o Iluminismo já se começou a ter efeitos.

Mas enfim, saberá tão bem quanto eu que nem todos os vimaranenses são do Vitória (nem que não seja pelo simples facto de serem livres de seguir o conselho do grande Victor Pereira, e não acreditando desmibilizarem) e os que o são é por convicção não por essência pois essa só a da espécie humana (e não é grande coisa bem se vê).

Saudações e bom trabalho!

sara.9 disse...

Estou solidária com a atitude black and white.
Quantas vezes já vimos os jornaleiros dizerem na televisão e escreverem nos jornais Vitória de Setúbal, ou apenas Vitória, quando se dirigem ao V. Setúbal?
Porque não nos tratam de igual modo? Por VITÓRIA. Ou VITÓRIA DE GUIMARÃES.
Ou porque não escrevem V. Guimarães?
Ou então, só VITÓRIA.

sara.9 disse...

Em comentário ao jogo, só faltou dizer que enquanto Paulo Bento barafustou com o árbitro, dando a entender que lhe assistia alguma razão para as lamentáveis atitudes, lembro que o Derlei devia ter visto o cartão amarelo quando simulou um penalty, e a seguir devia ter visto o Vermelho por agressão.
No final, fiquei triste por não ver o Cajuda defender o grupo de trabalho, fiquei indignada por não ter dito nada contra o árbitro, que só prejudicou o Vitória e não foi pouco.

jotafundador disse...

Sara, um "explodiu" demais e sem razões para isso. O outro (Cajuda) ficou calado (como é hábito) e tinha razões para protestar! Enfim! O Vitória não significa para ele o que sempre significou para nós, muito menos ele é Vitória ate morrer, como costumava dizer.

cb disse...

Entra a ´´matar`` e sai de peito feito, ao melhor estilo de um intelectual de meia tigela que sabe dizer duas seguidas.
Pode o sr. Krinas insultar e rebaixar(tique tipico de quem teve uma infancia dificil), mas não assusta.Estas gentes não.
D. Afonso Henriques.
Está tudo dito, por si só diz tudo.
Fala do nascimento de um povo há 880 anos, bem como de um povo orgulhosamente fiel ás suas origens, por maior que seja o incomodo.
Fazemos a diferença.
Temos ideais.
Temos principios.
Somos fieis.
Sempre.
´´Chapeus há muitos ó palerma!``, é a minha forma razoavel de dizer passar bem.

Krinas disse...

Para que não restem dúvidas reafirmo tudo o que disse. Este último C(a)B(r)ão alia às dificuldades interpretativas e défice de atenção -ao que parece tudo fruto de uma infância feliz- uma grande dose de mau carácter.
Com o povo, a malta ou a gente está tudo bem, o problema é que à conta dele se escondem muitos caracolitos.

Passar bem também sr. feliz.
Aqui o Sr Krinas, intelectual a tentar chegar à tigela integral, sai de rastos.

1128 PORTUGAL disse...

cb, se me permite corrigir, este Mouro/campónio, entrou de peito feito e saiu de rabinho metido no traseiro.
Atacou e insultou o nome VITÓRIA, depois caiu na realidade e disse ter conhecimento da grandeza do clube.

É um desclassificado e na falta de outros argumentos volta a recorrer ao insulto, mas vai voltar à blogosfera Vitoriana dando importância a quem a tem.
Obrigado Mouro.

cb disse...

Mau caracter?! Que eu saiba não fui eu que se dirigiu a um blog Lisboeta(se é que é de Lisboa), insultou, rebaixou e enxovalhou tudo e todos, para depois vir com a conversa que sabe da grandeza do club só porque já tinha feito prevalecer a sua mais valia intelectual(?), como que a provar alguma coisa a alguem.
-Porque é que não começou da forma que acabou?
Acho que quanto a caracter estamos conversados.

Já agora, quando me referi á sua infancia queria dizer que se eu não soubesse qual o meu progenitor, tambem eu teria tido uma infancia infeliz.

Mas alegre-se, não sei se sabe mas já existem testes que acabam com todas as dúvidas, chamam-se do ADN.

P.S. - Agora percebo aquela do ´´montar``, não faço a mais pequena ideia do que deve sentir.