quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

TAÇA DA LIGA

Vitória S. C. 0 Benfica 2

DOIS PENALTYS POR ASSINALAR





Outra vez o Benfica, outra vez os árbitros a darem uma ajuda, é o que se pode dizer em síntese do que se passou no Afonso Henriques, ou fará parte do protocolo ter que perder sempre diante do Benfica?
O Vitória vinha de uma vitória tranquila ante o penúltimo da Liga Sagres, mas frente ao Benfica vacilou e não conseguiu praticar o futebol fácil e bonito que tínhamos visto em Vila do Conde. Manuel Cajuda voltou a mexer na equipa, retirou Lionn e fez entrar Andrézinho, manteve Fajardo a titular e deixou Marquinho no banco. Marquinho é no momento o jogador mais rápido do Vitória, Manuel Cajuda sabe muito bem disso, mas ainda assim, insiste em não o colocar a jogar os noventa minutos.
Em duas falhas da defesa do Vitória o Benfica marcou.
Mas este jogo fica marcado e manchado pelo árbitro da partida por este não ter assinalado duas grandes penalidades a favor do Vitória. O Benfica continua a ser um clube protegido sempre que joga em Guimarães. O Benfica continua a levar de vencida o Vitória e o público que se desloca ao estádio, muito por mérito das arbitragens.

3 comentários:

Anónimo disse...

Realmente o que de melhor se viu ontem foram as cheerleaders! Bela estratégia esta da Carlsberg pois com o calor que elas fazem sentir, quem resiste a uma bela cerveja para apaziguar uma garganta sequiosa .

Infelizmente a sina do costume e desta feita sem a malapata que muitos atribuem à coroa de flores do malogrado Feher!

Força Vitória com ou sem malapatas, sinas, maldições, emiliões, vascões, manuelões ou outras complicações estamos contigo!

S.S. disse...

bOAS bOAS!!

Eis uma boa razão para não saírmos desta liga.

Black and White disse...

Antes as cheerleaders, que as coroas de flores ao Feher.